• Fabiano Trovo

Aproveite o inverno para construir sua piscina

Que tal aproveitar o inverno que se aproxima para se preparar para a chegada do verão em alto estilo? Esta época do ano é ideal para construir sua piscina porque chove menos e com o tempo mais seco, consequentemente a construção da piscina será finalizada mais agilmente.





Há inúmeros tipos de piscina, assim como maneiras de construí-las. A obra é composta basicamente da estrutura, da impermeabilização, do revestimento, e da filtragem.

Quanto à estrutura da piscina, os tipos mais utilizados têm sido de alvenaria estrutural, concreto armado, e os pré-moldados como as piscinas de fibra de vidro. O importante é ter um bom projeto de arquitetura e engenharia que deverá definir o formato e a profundidade.

A piscina de fibra tem sido a mais utilizada porque tende a ser mais barata e de rápida execução, mas a desvantagem é que os modelos já são definidos pelos fabricantes. O tanque terá acabamento de fibra de vidro, e geralmente será um pouco mais raso do que o dos outros sistemas. Sua execução exige uma escavação (manual ou mecânica); a seguir prepara-se uma base de concreto sobre a qual o tanque é apoiado. Parte da terra retirada na escavação é utilizada para preencher os vãos laterais depois de colocado o tanque de fibra.




No caso das piscinas de fibra de vidro, elas já vêm impermeabilizadas, ou seja, a água de dentro da piscina só vazará se houver algum furo no tanque, ou vice versa. Já as piscinas construídas (concreto, alvenaria armada ou de outros sistemas menos utilizados), devem ser impermeabilizadas. Essa impermeabilização é similar à de uma laje de cobertura, e existem diversas maneiras e produtos diferentes para realizá-la. As formas mais comuns são com o uso de manta asfáltica ou pintura impermeabilizante.

Para a piscina ter uma vida longa e evitar vazamentos, assim como futuros problemas, é importante que exista uma camada protetora da impermeabilização, visto que esta tenha sido realizada corretamente, assim como um revestimento final.

Há diversas opções de revestimentos para piscinas, como pedras, azulejos, pastilhas cerâmicas, tesselas de vidro, mosaico, e uma série de outros acabamentos. Ao planejar o revestimento da piscina, deve-se considerar sempre o acabamento do encontro entre o revestimento da piscina e da borda, podendo ser utilizadas pedras, materiais atérmicos, decks de madeira, dentre outras possibilidades.




Seja qual for o tipo de construção, as piscinas precisam ter um sistema de filtragem. É necessário que a piscina tenha um ralo de fundo e um sistema que mantenha a água circulando. Para isso é necessário uma bomba de água e um sistema de filtragem, sendo os mais comuns os filtros de areia. Além do sistema de filtragem, a piscina deve ser tratada periodicamente com os produtos químicos recomendados, geralmente algicida e cloro; também deve ser feita a medição frequente do pH da água. Existem ainda mais acessórios como o skimmer (aparelho que ajuda a manter a superfície limpa), aquecedores, filtro de ozônio (para evitar o cloro), iluminação, dentre outros. Ao planejar sua piscina, tenha em mente o sistema construtivo, os revestimentos, a área do entorno e, especialmente, com o sol, para que incida mais diretamente possível no local.


EXPERIMENTE GRÁTIS o Gerencia Obras: http://gerenciaobras.com.br/


0 visualização

© Gerencia Obras

Todos os direitos reservados.

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • YouTube - White Circle